FERROADAS E PICADELAS

DIZEM QUE A VINGANÇA É DOCE...,
À ABELHA, CUSTA-LHE A VIDA!
***
"UMA BOA ABELHA, NÃO POUSA EM FLORES MURCHAS"
***
"Os livros, são abelhas que levam o pólen de uma inteligência a outra."
***
"TAL COMO AS ABELHAS, AS PALAVRAS TÊM MEL E FERRÃO"



sábado, 15 de maio de 2010

ENXAME MORTO

Na rotina de verificação do modo como se comportam os novos enxames, fizemos mais uma visita ao apiário.
No geral, os novos enxames encontram-se a trabalhar bem, e os cortiços, com uma vida que parecem querer enxamear mais uma vez.
Um senão nos intrigou, e para o qual ainda não encontrámos resposta convincente.
Um dos enxames novos, e diga-se um enxame de tamanho razoável, encontrava-se morto, com as abelhas em monte sob os respectivos quadros. A rainha encontrava-se ainda viva embora bastante debilitada, vindo a morrer posteriormente. Reparámos que o dito enxame se encontrara já a trabalhar, porquanto tinha alguma cera puxada nos quadros.
Isto aconteceu somente numa caixa, enquanto as outras trabalham normalmente.
Não encontrámos até agora razão plausível para tal situação, o que não deixa de nos intrigar.
Terão alguns dos colegas apicultores que passem por aqui, passado por uma situação idêntica?
Gostaríamos de saber, e a ter acontecido tal, qual a conclusão a que chegaram.
Saudações apícolas.

6 comentários:

Anónimo disse...

Amigos, ainda não encontrei situação nenhuma dessas; a única coisa que me vem à cabeça é que outro enxame tenha tentado entrar na dita colmeia e tenha havido uma luta, a isso já assisti algumas vezes mas sem nunca resultar na morte quase imediata da colónia, como foi o caso.Também há a hipótese de pesticidas, ou uma fonte de néctar contaminada(é incrível mas às vezes uma colónia encontra sustento num local que passa despercebido a todas as outras do mesmo apiário), ou pesticidas aplicados directamente na colmeia, espero que não tenha sido esse o caso e que tenha sido qualquer acidente da natureza.
Cumprimentos e bom trabalho.

Hitchi.

Anónimo disse...

Também pode ser ser o caso de haver qualquer agente contaminante já na caixa...É um caso intrigante, desculpem a especulação.

Mário disse...

É de lamentar sempre que existem percas, ia sugerir o envio de algumas abelhas mortas, caso ainda as haja, para analise, poderia encontrar o problema, ou então esclarecer algumas duvidas.
Continuação de muitos e bons post´s.

Abraço
Ferradela

macmel disse...

Olá boa tarde

Pelo que descreve a sua colónia morreu á fome pois os sintomas que disse correspondem a esse tipo de morte.
Eu este ano em cerca de 30 enxames apanhados tive de alimentar 20 pois mal os apanhava quase de imediato vinha frio e as abelhas não podiam trabalhar.
Agora não desanime morreu o enxame fica a experiencia

Francisco Rogão

Mel Fonte Nova disse...

companheiros Vinagre e Lopes nunca passei por essa situação , mas se foi falta de alimentaçao por o tempo não as deixar trabalhar fica a lição estamos sempre a aprender com os erros .

até outro dia .
MELFONTENOVA

Lopes disse...

Ólá amigos!
Certamente que tendes razão quanto às origens do problema.
Efectivamente, e após a captura do enxame, o tempo piorou e, pela nossa situação de caloiros na apicultura e a consequente falta de experiência e conhecimentos, não o alimentámos.
É uma experiência que nos fica, e cujas dicas com agrado recebemos e agradecemos.
Cumprimentos apícolas para todos.


VISITANTES DESDE MAIO / 2010 Usuários online usurarios online